Página Principal
Curriculum

Coro Gregoriano de Lisboa - Luxemburgo 2004


O Coro Gregoriano de Lisboa foi fundado em 1989 e é formado por alunos, antigos alunos e professores do Instituto Gregoriano de Lisboa e da Escola Superior de Música de Lisboa ( Instituto Politécnico de Lisboa ). Este grupo independente tem como objectivo divulgar o canto gregoriano através do seu estudo e execução. Assim, em 1989 iniciou uma actividade regular de concertos sob a direcção de Maria Helena Pires de Matos, então professora responsável pela cadeira de Canto Gregoriano da Escola Superior de Música de Lisboa. Esta actividade tem-se desenvolvido de norte a sul de Portugal, incluindo a realização de mais de uma centena de concertos em cerca de 50 cidades, destacando-se a sua participação no evento "Lisboa 94 Capital Europeia da Cultura" e nas Jornadas de Música Antiga da Fundação Calouste Gulbenkian em 1996. Realizou digressões ao Japão em 1995, Bélgica em 1997 e 2003 (Festival Internacional de Canto Gregoriano de Watou), Açores em 1998, Luxemburgo em 1999 e Suíça em 2000 (XII Festival de Música medieval e renascentista “Cantar di Pietre”). Gravou 4 CD's : os dois primeiros editados pela DECCA – “Liturgia de Santo António”-1993 e “Missa pela Paz”-1997 - tendo o primeiro recebido a distinção “CHOC” do “Le Monde de la Musique” e o segundo o “Diapason d'Or” da revista “Diapason” , um terceiro editado pela EPAL - “Missa pela Chuva”- 1999, com gravação ao vivo, e um quarto editado pela UMG- Universal Music Group – “Liturgias de Santos Europeus do 1º Milénio“- 2004 . Organizou em 1999 e 2001, em colaboração com a Câmara Municipal de Tomar, o 1º e 2º Festivais Internacionais de Canto Gregoriano de Tomar, apoiado financeiramente pelo MC-IPAE. Das restantes actividades destacam-se a participação nas filmagens e banda sonora do filme “Quem és tu” de João Botelho, a realização de um concerto nas Jornadas de Canto Gregoriano na Abadia de St. Maurice de Clervaux no Luxemburgo em 2004, de um concerto no Ciclo de Concertos de Páscoa na Casa da Música do Porto em Abril de 2006, tendo em Maio de 2007 participado em concertos no VIII Congresso Internacional de Canto Gregoriano em Florença , Itália, e no Festival de Músicas Sagradas do Mundo em Fès, Marrocos, a convite da Embaixada de Portugal em Marrocos. Em 2008 participou na 1ª apresentação em Portugal da obra de Messien “Et exspecto resurrectionem mortuorum”, com a Orquesta Metropolitana de Lisboa dirigida por Michael Zilm e nas comemorações dos 20 anos do Festival “Música em S. Roque” , em Lisboa.


Maria Helena Pires de Matos (Direcção 1989 - 2011) 

Licenciou-se em Engenharia Química pelo Instituto Superior Técnico e completou o Curso Superior de Piano do Conservatório Nacional de Lisboa.
Dedicou-se ao estudo e ensino do canto gregoriano, tendo trabalhado com vários especialistas nesta matéria, bem como em paleografia musical e história da liturgia, nomeadamente Joaquim O. Bragança, Édith Weber, Marcel Pérès, Nino Albarosa, J. B. Göschl e Luigi Augustoni.

Foi membro da Comissão Instaladora do Instituto Gregoriano de Lisboa de 1978 a 2000, tendo leccionado as disciplinas de Canto Gregoriano, Modalidade e Coro Gregoriano.
Desde 1992 até à sua jubilação em 2008 foi responsável pela área de Canto Gregoriano da Escola Superior de Música de Lisboa, tendo sido presidente do conselho científico entre 2006 e 2008.
Leccionou a disciplina de Canto Gregoriano da Licenciatura em Música na Escola de Artes da Universidade Católica do Porto de 2000 a 2003.

Devido ao grande desenvolvimento da investigação em Canto gregoriano na segunda metade do século XX, houve necessidade de modificar os programas curriculares em todos os níveis de ensino e assim dirigiu a reorganização completa, tanto a nível secundário como a nível superior, do ensino do canto gregoriano e das disciplinas afins.

Dirigiu o Coro Gregoriano de Lisboa desde a sua fundação em 1989.
Faleceu a 10 de Dezembro de 2011, vítima de doença prolongada.


Armando Possante (Direcção) 

Começou os seus estudos musicais no Instituto Gregoriano de Lisboa, escola onde lecciona desde 1993. Concluiu na Escola Superior de Música de Lisboa o Bacharelato em Direcção Coral e as Licenciaturas em Canto Gregoriano e Canto na classe do professor Luís Madureira, sendo actualmente professor de Canto e Canto Gregoriano nesta mesma escola.

Iniciou os seus estudos de canto em 1988 com a professora Mariana Bonito d’Oliveira. Desloca-se com regularidade a Viena, onde trabalha com a Professora Hilde Zadek.
É director musical e solista do Grupo Vocal Olisipo, solista do Coro Gregoriano de Lisboa e cantor convidado do Nederlands Kamerkoor tendo-se apresentado em concertos em toda a Europa, Japão e América do Norte e gravado mais de uma dezena de CDs.

Conquistou o 3º prémio no Concurso Vozes Ibéricas, o 3º prémio no Concurso Luisa Todi e o 1º prémio no Concurso de Interpretação do Estoril.

Apresentou-se como solista de oratória nas principais obras do repertório de concerto e em ópera em papéis principais nas óperas Così fan Tutte, L’Amore Industrioso, La Donna di Génio Volubile, As Variedades de Proteu, Dido and Aeneas, Venus and Adonis, La Dirindina, La déscente d’Orphée aux Enfers, A Floresta, O Sonho, Corpo e Alma e L’Elisir d’Amore.


Constituição Actual:

Armando Possante (direcção e solista)
Pedro Teixeira (solista)

António Gonçalves
Carlos Ançã Mendes
Jaime Branco
Jorge Rodrigues
Miguel Pires de Matos
Miguel Silva
Pedro Ferreira
Pedro Pombo
Pedro Rodrigues
Rui Teixeira
Tiago Oliveira